Ligue: (62) 3095-(Ver Telefone)
Ligue: (62) 3095-7171
Share on FacebookGoogle+Tweet about this on Twitter
imagem

Como se tornar um freelancer de sucesso e alcançar a carreira dos sonhos

Algo muito interessante que eu tenho observado é a dinâmica do mercado nos últimos anos. Algumas profissões deixaram de existir enquanto outras nasceram. E quanto mais o contexto muda, maior a necessidade de adaptação e inovação em vários aspectos. Como resultado do processo, cada vez mais pessoas (especialmente jovens) têm deixado a estabilidade de um emprego para iniciar uma carreira como freelancer. Seja por necessidade ou pelo desejo por liberdade, é impossível negar que as tendências fluem para que esse seja o próximo modelo padrão de trabalho das pessoas.

Contudo, ser freelancer é muito mais do que poder trabalhar em casa na hora que se quer, do jeito que se quer. Esse profissional é, antes de tudo, um empreendedor. E por isso lida com desafios típicos para qualquer um que queira começar o próprio negócio. Isso exige conhecimento em diversas áreas (vendas, negociação, atendimento, técnicas de produtividade…) e muito esforço.

Focando principalmente nos desafios de trabalhar como freelancer e na minha própria experiência como empreendedora, resolvi escrever este artigo para colaborar com você, que sonha em começar o próprio negócio (seja freelance ou não).

Vantagens de se trabalhar como freelancer

  • Simplicidade — desde que você saiba com no que quer trabalhar e já tenha em mente com quem quer trabalhar, as questões “burocráticas” que complicam o trabalho deixam de existir;
  • Baixo custo – em geral, para trabalhar como freela é necessário pouco investimento inicial. Isso porque é comum pessoas transformarem hobbies em um negócio como freelancer e, portanto, já possuirem boa parte dos materiais de trabalho necessários

Como se tornar um freelancer de sucesso

Antes de continuar a leitura deste artigo, preciso avisá-lo de algo importante. Este não é um manual que vai te dar as respostas para você abandonar seu emprego nos próximos 30 dias. A carreira e a vida não devem ser levados de forma leviana por ninguém e todas as decisões tomadas devem considerar os prós e os contras.

O que determina o sucesso de uma pessoa não são os conselhos que ouve, mas as decisões que realizar e as falhas que superar.

Superação: quando abre uma empresa, trabalha como freelancer e consegue dedicar de 200% de si. Muito suor e lágrimas vão escorrer antes que você possa realmente colher os frutos — Críticas, dúvidas, medos — e outros infinitos desafios. Por isso, se o seu objetivo ao começar esse projeto é trabalhar menos, não o faça.

Passado esse aviso, se ainda tiver vontade de conquistar sua liberdade de trabalho, vamos prosseguir!

1) Defina com o que você quer trabalhar

Parece óbvio, mas já ajudei muita gente que não sabia o que gostava. Reflita bastante sobre suas motivações, valores e necessidades. Descubra o que gosta, quais são as prioridades. É muito comum observar freelancers nas áreas abaixo:

  • Redator
  • Repórter
  • Designer
  • Fotógrafo
  • Programador
  • Gerente de Projetos
  • Músico
  • Ilustrador
  • Tradutor
  • Webdesigner

Mas essas não são as únicas opções. É importante ter em mente um objetivo específico e não se deixar levar pelo que os outros estão fazendo.

2) Aprenda e desenvolva habilidades

Conhecimento é a única coisa que pessoa nenhuma é capaz de tirar de você. É a fonte de tudo aquilo que lhe trará o sucesso. Separe diariamente um tempo na agenda para dedicar a aprender algo novo ou aperfeiçoar uma habilidade que já possua. Algumas habilidades necessárias a qualquer profissional que queira alcançar o sucesso são:

Além, claro, de habilidades específicas de seu próprio ramo de atuação.

3) Crie uma agenda eficiente

um freelancer deve ter uma agenda impecável

Existem algumas etapas principais que devem ser consideradas ao elaborar uma agenda eficiente. Eu comento melhor sobre o assunto neste artigo neste artigo. Entretanto, é fundamental que você perceba a importância de estabelecer e cumprir os horários que você propôs para si mesmo. Caso contrário, é muito fácil distrair-se e acabar não realizando nada durante o dia.

É válido lembrar que uma agenda não deve ser elaborada sem levar em consideração tempos de atraso ou intervalos. Quanto mais rígida a sua agenda, maior as chances de frustrar-se tentando segui-la.

4) Tenha um lugar próprio para trabalhar

um bom freelancer investe em um home office organizado

Para ser produtivo trabalhando em casa, é preciso definir um lugar apropriado para realizar suas atividades.

Deitar-se na sua cama, com o notebook no colo vai dar sono. E, com certeza, você irá se permitir alguns cochilos – o que não é nada produtivo!

Opte por lugares claros e frescos, preferencialmente isolado. Mantenha o ambiente sempre organizado e limpo: mesmo estando em casa, não convém trabalhar em uma mesa suja. É preciso ter suas ferramentas prontas e a postos: papeis, canetas, post-its, régua, fita durex, grampeador e o que mais necessitar. Organização é fundamental para que o trabalho seja realizado de maneira mais tranquila e totalmente necessária para a concentração.

5) Encontre técnicas de foco

Definir períodos de descanso é muito importante. E períodos de ação também! A técnica do pomodoro pode ser uma das que se tornam o melhor amigo do freelancer. Consiste em inserir intervalos curtos a cada 20-30 minutos de trabalho, segundo os seguintes passos:

  1. Liste as tarefas que precisam ser feitas;
  2. Inicie o cronômetro (geralmente 25 minutos);
  3. Escolha a tarefa inicial;
  4. Trabalhe na tarefa escolhida até que o alarme toque. Se alguma distração importante surgir, anote e volte o foco imediatamente à tarefa;
  5. Quando o alarme tocar, se houver finalizado completamente a tarefa, marcar um “x” na lista;
  6. A cada 2 marcações, fazer uma pausa curta (3-5 minutos). Beba uma água, espreguice, vá ao banheiro…
  7. A cada 4 x” marcados, fazer uma pausa mais longa (15-30 minutos).
  8. Zere o cronômetro e a contagem de marcações.
  9. Retorne ao passo 1.

Essa técnica é ótima para manter o cérebro descansado e estimular-se a produzir o máximo que você conseguir em períodos curtos.

6) Não se distraia!

Já experimentei trabalhar em casa uma época. E sei que as distrações são tantas que é quase impossível evitá-las. Redes sociais, jogos e apps, família, TV, os meus cachorros, a música do vizinho…

Trabalhar como freelancer requer adaptação e apoio da família para dar certo. Converse com as pessoas que moram com você e explique que, assim como qualquer emprego, você tem tarefas a cumprir. A principal diferença, porém, é que o seu salário agora depende exclusivamente do quanto você conseguir produzir.

Caso tenha filhos, defina escalas para ver quem fica com eles e combine para que não haja interrupções. Delegar (e fazer!) tarefas da casa também é crucial para ter resultados acima da média em seu trabalho.

BOTAO_LADROES_DO_TEMPO

7) Descubra ferramentas para aumentar sua produtividade

Ao trabalhar em casa, o cuidado para ser mais produtivo deve ser triplicado. Felizmente, hoje em dia existem inúmeras ferramentas que podem ajudá-lo com isso. Abaixo você encontrará uma lista de alguns programas que recomendo, mas pesquise também outros — cada pessoa se adapta de maneira diferente, e uma ferramenta que pode ser ótima para mim talvez não seja para você.

8) Invista no que irá melhorar a qualidade do seu trabalho

Apesar de todo o conteúdo gratuito que pode encontrar na internet, não deixe de investir em si mesmo. Desenvolver-se e ampliar seus conhecimentos pode gerar resultados extraordinários. Que tal começar com a sua capacidade produtiva? Inscreva-se aqui para reservar a sua vaga na próxima turma do nosso treinamento online em produtividade e gestão do tempo!

BOTÃO_GESTAO_DO_TEMPO

  • Gostei das dicas, ótimo post!
    Se seguimos uma rotina de estudos rígida o cérebro faz cada vez menos esforço para assimilar a mesma quantidade de informação, ampliando a nossa capacidade de absorção e de concentração.
    Quanto ao post, achei muito bom, continue com o bom trabalho!

Fale com consultor