Ligue: (62) 3095-(Ver Telefone)
Ligue: (62) 3095-7171
Share on FacebookGoogle+Tweet about this on Twitter
imagem

A Felicidade É A Chave Da Produtividade

Todo mundo tem problemas. Cada fase da vida do ser humano é recheada de pressões e tensões que podem abalar nosso psicológico. Apesar de parecer estranho, nosso estado emocional tem impacto direto na nossa produtividade. Isso significa que controlar nossas emoções não é somente uma questão de saúde mental, mas também a  chave para trabalhar melhor.

Mas, afinal de contas, pra quê trabalhar melhor? Existe uma fala que ouvi há algum tempo que diz:

“O preguiçoso faz duas vez ou mais”

Então, se você não quer ter que trabalhar duas, três ou até mais mais vezes para obter o mesmo resultado que você poderia ter alcançado na primeira vez, é interessante você começar a trabalhar melhor. E, para isso, é preciso assumir controle das suas emoções.

O Enem, por exemplo, trata-se de  uma fase tensa e apertada para muitos. Somado à tensão do Vestibular e à pressão da escola e dos pais , os alunos podem alcançar um nível de estresse que dificultará a aprovação.

A boa notícia é que somos seres adaptáveis e conseguiremos nos adequar as diversas circunstâncias, inclusive às difíceis. A má é que tentar fazer em um ano o que não foi feito durante a vida pode trazer danos. A educação dos filhos precisa ser firme desde a infância, no sentido de estabelecer responsabilidades.

“Primeiro a obrigação, depois a diversão.”

Se a alfabetização foi feita com qualidade, com certeza o aluno terá mais facilidade de aprender durante o ensino médio sem necessitar de muitos sacrifícios. Se desde criança ele já adquiriu o hábito de leitura, de estudos e um ritmo adequado para atividades escolares, a continuidade de tudo isso será uma simples rotina.

De fato, o deixar para última hora é um comportamento bem recorrentes em nossa cultura. Contudo, isso pode ser mudado a partir de uma decisão interior e disciplina.

Eu conheço pessoas que passaram de primeira em vestibulares altamente concorridos. Elas conciliavam os estudos, atividades físicas, artísticas, viagens em famílias e momentos de lazer. E também conheço pessoas de extrema inteligência e com rotinas de estudos árduos que precisaram ficar anos em cursinhos até conseguir ter equilíbrio emocional para ter a condição de passar!

Portanto, não tem uma receita engessada para melhorar os resultados. Mas não restam dúvidas que quem não abre mão de uma qualidade de vida elevada possui um melhor equilíbrio emocional. Assim, esse indivíduo terá maiores chances de se sair bem nas provas e conquistar a tão almejada aprovação.

“Você é a média das 5 pessoas com que você mais convive”

Outra questão relevante é o quanto as pessoas com quem convivemos tem influencia na formação do que somos e quem nos tornaremos. Se você convive com pessoas que só enxergam problemas, você pode até não aprovar esse comportamento, mas pela convivência acaba se parecendo um pouco, além de perder tempo com lamentações infindáveis. E segundo estudos da PNL (Programação Neuro Lingüística), tudo que você foca, aumenta. Se você focar em questões negativas, você perderá o controle da situação e será vitima, ao invés de protagonista de sua própria história. Se focar na solução, sua inteligência emocional e capacidade de criação tomarão conta da situação.

Por isso, as mães e pais tem um papel crucial nesse quesito. A grande lição é que para ser aprovado em qualquer prova da vida, não basta querer, tem que ter disciplina. Não basta ser inteligente, você precisa de métodos. Não basta estar de corpo presente nos lugares, mas você precisa esvaziar a mente de preocupações e estar com o coração! E para isso, os ingredientes são: Pensamento positivo, Foco na solução, atitude, criatividade, autoconhecimento, motivação, dedicação, comprometimento e disciplina.

Quer saber mais sobre Produtividade? Baixe este e-book gratuito e descubra como trabalhar melhor e de maneira mais assertiva!

Fale com consultor