Arquivo Blog - Página 12 de 18 - Instituto Deândhela
Ligue: (62) 3095-(Ver Telefone)
Ligue: (62) 3095-7171
Share on FacebookGoogle+Tweet about this on Twitter

Mitos da produtividade: como ser multitarefas pode prejudicar o seu cérebro

Postado por Tathiane Deândhela em 27 junho 2016
A FALTA DA GESTÃO DO TEMPO TRAZ PROBLEMAS PARA O CÉREBRO
Quanto mais aprendo sobre gestão de tempo, mais me impressiono com a importância e o impacto disso na vida das pessoas. Recentemente, tive acesso a uma pesquisa que demonstra de maneira clara como ser multitarefa pode ser a principal causa de queda na produtividade de uma pessoa. Um grupo de pesquisadores da Universidade de Stanford descobriu que fazer várias coisas...

Será que mães têm menos tempo que mulheres sem filhos?

Postado por Tathiane Deândhela em 22 junho 2016
SERÁ QUE MÃES TÊM MENOS TEMPO QUE MULHERES SEM FILHOS
Assisti a um vídeo recentemente que achei bem interessante a respeito das atribuições necessárias para preencher o cargo de diretor de operações de uma empresa. Resolvi listar aqui alguns dos requisitos obrigatórios para ocupar a vaga:
  • Mobilidade. É necessário trabalhar de pé quase 100% do tempo. Requer muita energia para trabalhar.
  • Disponibilidade. É um trabalho constante, sem...

Como conquistar novos negócios em tempo de crise

Postado por Tathiane Deândhela em 21 junho 2016
CRESCENDO EM TEMPO DE CRISEjpg

O que fazer em tempos de crise? 

Não é novidade que a economia brasileira vive um dos piores momentos da sua história. A queda do PIB no ano passado foi de 3,8%, a inflação chegou a mais de 11% e o país “ganhou” (se é que pode-se assim dizer) mais de três milhões de desempregados em doze meses. Estima-se que, até...

Como o atendimento de excelência pode driblar a crise econômica

Postado por Tathiane Deândhela em 1 junho 2016
Como o atendimento de excelência pode driblar a crise econômica

Você sabe qual é o sonho de todo empresário?

Aumentar as vendas, mesmo num cenário de desemprego e economia estagnada, é o sonho de todo empresário. Mas não existe uma " fórmula mágica" para se chegar ao sucesso. A excelência no atendimento, um bom caminho para conquistar o público, é uma iniciativa de poucas empresas no mercado. O que deveria ser um...

A crise nos assusta, mas o que devemos aprender?

Postado por Tathiane Deândhela em 30 maio 2016
A crise nos assusta, mas há tempo para todas as coisas

Quando devemos tomar decisões arriscadas

Ganhador do Oscar de Melhor Roteiro Adaptado em 2016, e indicado em outras quatro categorias, o filme norte-americano “A Grande Aposta” mostra a história de um grupo de empresários que percebeu os sinais da crise econômica global de 2008. Em vez do comportamento conservador, que seria natural nesse momento, eles preferiram arriscar e investiram contra o...

Organização do tempo não é um passe de mágica

Postado por Tathiane Deândhela em 30 maio 2016
gestão do tempo

É possível pular etapas e acelerar a vida?

Quem é que não gostaria de pular etapas e acelerar a vida direto para o momento em que tem aquele grande sonho realizado? Ao mesmo tempo, não seria tentador voltar atrás para corrigir erros e tentar fazer melhor? Entre muitas obras do cinema que tratam desse grande fetiche da humanidade, a comédia norte-americana...

A difícil tarefa de se organizar após o fim de uma relação

Postado por Tathiane Deândhela em 30 maio 2016
A DIFÍCIL TAREFA DE SE ORGANIZAR APÓS O FIM DE UMA RELAÇÃO
Nenhuma mudança é fácil. Seja uma mudança de emprego, de cidade, ou de casa, sempre precisamos de um tempo para nos adaptarmos. Mais difícil ainda é quando essa mudança mexe com as estruturas da nossa vida, o fim de um relacionamento. Quando trata-se de uma relação duradoura, sobretudo, é preciso reaprender a viver. Afinal, por anos, todos os hábitos,...

Prefira o peso da disciplina do que o peso do arrependimento

Postado por Tathiane Deândhela em 30 maio 2016
PREFIRA O PESO DA DISCIPLINA DO QUE O PESO DO ARREPENDIMENTO
Há uma reflexão que talvez você já conheça e sempre será fundamental tê-la em nossas vidas.
Os homens perdem saúde para juntar dinheiro, depois perdem dinheiro para recuperar a saúde. E por pensarem ansiosamente no futuro, esquecem do presente de tal forma que acabam por não viver nem o presente nem o futuro. E vivem como se nunca fossem morrer. e...

Fale com consultor